domingo, 28 de agosto de 2011

Aborto Viver ou não?









Gabriela é uma jovem de 17 anos, muito estudiosa e bonita, arrancava suspiro de muitos rapazes.

Alex é o conquistador da cidade; sedutor e bonito conseguia tudo o que queria.

Alex conheceu Gabriela e começou a seduzi-la, Gabriela era jovem e ingênua se apaixonou por Alex logo de cara.

Alex disse para Gabriela que a amava, e que queria se casar com ela, Gabriela acreditou nas promessas de Alex.

Gabriela era virgem; Alex pediu uma prova de amor a ela; disse que se ela o amasse mesmo, que seria dele; Gabriela amava Alex e se entregou para ele.

As semanas se passaram um dia Gabriela passou mal e qual não foi sua surpresa ao descobrir que estava grávida.

Alex disse que o filho não era dele, e que não vai assumir bebe nenhum que se Gabriela quisesse ela que aborta-se.

Quanta humilhação pior de tudo os pais de Gabriela expulsaram ela de casa.

 Gabriela teve que se virar mais ela não abortou, ela teve o filho João, que nasceu lindo e perfeito

Gabriela trabalhava muito para sustentar o filho, conseguiu se formar em  enfermagem os tempos foram se passando.

João já estava com a idade de 25 anos muito trabalhador e responsável, se formou em enfermagem a mesma profissão de sua mãe, trabalhava junto com ela no hospital.

Um dia receberam um paciente na qual estava com o quadro clinico grave precisava de um transplante de rim urgente, mais não havia nenhum doador.

Certa vez Gabriela estava checando todos os pacientes, e ficou surpresa ao ver um paciente o qual precisa de um transplante de rim, olhou nos seus olhos e viu que se tratava de Alex, o pai do seu filho o homem a qual a abandonou.

Alex viu Gabriela e surpreso perguntou.

- quanto tempo, o que você faz aqui Gabriela?

-eu sou a enfermeira chefe do hospital

-Gabriela eu vou morrer, mais antes me responda o que você fez com o filho que esperava você abortou?

-quer mesmo saber Alex, pois bem eu não abortei eu cuidei do meu filho e hoje ele é um belo rapaz muito trabalhador.

-eu sinto muito Gabriela por todo mal que lhe causei, por favor, me perdoa

João ouviu toda a conversa da sua mãe com Alex, descobriu que o homem que ali estava era na verdade o seu pai a qual o rejeitou.

No dia seguinte deram uma boa noticia para Alex encontraram o doador.

Realizaram o transplante e em poucos dias Alex recebeu alta, mais Alex queria saber quem foi o doador.

-não podemos dizer ao senhor quem foi essa pessoa, Pois pediu sigilo.

-mais eu preciso saber insistia Alex.

Alex tanto fez; que os médicos acabaram revelando quem foi o doador.

-o doador se chama João, ele é enfermeiro aqui no hospital filho da enfermeira chefe Gabriela.

-meu Deus exclamou Alex, o meu filho que rejeitei foi o doador ;onde ele esta preciso falar com ele insistiu Alex.

-ele esta em casa se recuperando.

-pois bem me passa o endereço para que vá visita-lo.

Passou o endereço, Alex saiu do hospital afoito para se encontrar com João.

Bateu na porta, e João abriu.

-meu Deus você se parece comigo.

-o que faz aqui perguntou João

-vim te visitar e te pergunta por que me ajudou.

-você me desprezou antes mesmo que eu nascesse, abandonou a minha mãe, a qual lutou muito para me sustentar; você pediu que ela me abortasse, como se eu fosse um erro um lixo, a qual você se livra no momento que quiser. quer saber porque eu fui o doador?

-porque me responde, sussurrava Alex em lagrimas.

-porque mesmo que o senhor tenha me rejeitado, mesmo querendo que minha mãe tirasse a minha vida, ao contrario do senhor eu sou a favor da vida, as pessoas tem o direito sim de viver, e agora o senhor é como eu, não foi abortado não morreu, pelo contrario recebeu uma nova vida recebeu o direito de viver.

-me perdoa insistia Alex.

-o senhor recebeu o meu perdão quando lhe doei o meu rim. agora vai em paz,vai viver a sua nova vida.

Alex saiu dali comovido, e muito arrependido, aquele embrião ao qual ele rejeitou deu a ele o direito de viver.

“amigas e amigos quantos aborto acontecem no mundo, milhares não é mesmo”
O que você pensa sobre isso?Analise sobre esse caso.

Beijos com carinho.
De: Paula Vieira.




Um comentário:

  1. adorei o blog .... da uma passadinha no meu http://agirlinlovesz.blogspot.com/

    ResponderExcluir